Doulagem


Doula é uma palavra de origem grega, que significa serva. As doulas são, portanto, mulheres que servem outra mulher durante o parto. Atualmente, este nome é usado mundialmente para designar estas pessoas que se dedicam a ajudar no momento de dar a luz.

Há pouco tempo a palavra doula passou a ser conhecida como a mulher treinada e com experiência em nascimentos, que provê suporte físico, emocional e informacional à mulher e sua família durante o trabalho de parto, parto e pós parto. No entanto, o papel da doula é antigo. Como qualquer coisa embasada em tradição e sabedoria intuitiva, as mulheres sempre ampararam informalmente outras mulheres durante a gravidez e parto em todo o mundo, e agora o fazem de maneira formal.

Em 1993 KLAUS & KENNELL publicaram em um periódico `Mothering the Mother` um estudo no qual apontaram os resultados globais da presença das doulas nos partos, o qual evidenciou os seguintes benefícios:

  • redução de 50% no índice de cesarianas;
  • redução de 25% na duração do trabalho de parto
  • redução de 60% nos pedidos de analgesia peridural
  • redução de 40% no uso de ocitocina
  • redução de 30% no uso de analgesia peridural
  • redução de 40% no uso de fórcipe

Já em 2001, na pesquisa `Parto, aborto e puerpério – Assistência Humanizada à mulher, realizada pelo Ministério da Saúde, foram avaliados 14 ensaios clínicos, envolvendo mais de cinco mil mulheres de países tanto desenvolvidos quanto em desenvolvimento, e se chegou à conclusão de que a presença das doulas nos partos esteve associada à:

  • redução da necessidade de medicação para alívio da dor
  • redução do índice de partos vaginais operatórios
  • redução no índice de cesarianas
  • redução da depressão neonatal
  • leve redução na duração do trabalho de parto
  • menor incidência de depressão pós-parto
  • maior índice de sucesso na amamentação com seis semanas de observação posterior ao parto

Apesar de todos os benefícios que as doulas oferecem à mulher durante o trabalho de parto, é importantíssimo salientar que elas não substituem o médico obstetra, a enfermeira obstetra/obstetriz ou o acompanhante.

A Doula é uma profissional que acompanha a gestação, parto e puerpério. O trabalho da Doula consiste em fornecer informações ao longo da gestação para que a mulher se prepare da melhor forma possível para o momento do parto. Durante o parto, a função da Doula é fornecer apoio físico (técnicas de analgesia não farmacológicas, massagens, etc) e emocional (apoio, companhia, confiança, etc). A Doula tem muito a contribuir para que a mulher seja a protagonista de seu parto e vivencie uma experiência ativa que com certeza será um marco em sua vida e maternidade.

O que você pode ter ao me contratar como sua Doula:

  • Consultas individuais Pré-Parto para esclarecimentos de suas dúvidas quanto a fisiologia da gravidez, parto e pós parto. Tipos e possibilidades de parto. Orientações para exercícios de relaxamento, respiração e preparo para o parto.
  • Elaboração do seu Plano de Parto
  • Chá de Bençãos
  • Acompanhamento presencial desde o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato (aleitamento materno)
  • Consultas Pós-parto, para esclarecimento de dúvidas quanto ao aleitamento materno, conforto emocional e adaptações.

o-papel-da-doula-no-parto-normal-ou-cesarea-foto-rlarroydcom-0000000000017878